terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Sede estadual do PSB ficou pequena para conferir a filiação de Hermes Zanetti


Ontem à noite Hermes Zaneti oficializou sua entrada no Partido Socialista Brasileiro. Zaneti já havia atuado na política, foi deputado federal por dois mandatos (1982-1990), destacando-se, como Deputado Constituinte ao presidir a Comissão de Educação do Congresso, bem como ao propor a moratória da dívida externa e a emenda do voto aos 16 anos.
O evento contou com a presença dos deputados Beto Albuquerque, Miki Breier, Luiz Noé, Heitor Schuch, a ex-deputada Maria Augusta Feldmann, o presidente do PSB estadual Caleb de Oliveira, o vice-governador do Estado, Beto Grill, e o presidente do PSB Porto Alegre, Antônio Elisandro de Oliveira, que presidiu a mesa.
Entre os demais participantes na atividade, diversos militantes e dirigentes do partido, de Porto Alegre e de municípios da região metropolitana. O senhor Ivo Fortes fez o uso da palavra, lembrando companheiros de luta que não puderam estar presentes, inclusive o senhor Fulvio Petraco, presidente de honra do partido e os que não estão mais aqui.
Acompanharam o novo filiado o diretor executivo do Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN), Carlos Paviani; o pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), José Fernando da Silva Prótas; o ex diretor da Cooperativa Vinícula Aurora, Celson Kussler e o ex coordenador de campanha de Hermes Zaneti, Henrique Ribeiro.
Todos os componentes da mesa enalteceram o crescimento do partido e as qualidades de liderança do senhor Zaneti.
Para Beto Albuquerque é uma honra poder repatriar um homem de tantas conquistas, ainda mais quando essa volta se dá por vontade própria.
Zaneti foi sucinto e direto em sua fala. Disse que pensou muito e decidiu junto com sua família pelo PSB, foi uma opção familiar, tanto que todos filiaram-se: a esposa Izabel Zaneti, o filho Rafael e as filhas Nicole e Thainá. Escolheu o partido socialista porque acredita que é um partido com ética, mas que tem gestão, aspectos fundamentais para se fazer política. Para ele este é o grande desafio, ter gestão com ética.
“Quero me juntar ao PSB para somar forças para mudar aquilo que não aguentamos mais ver na política”, destacou Hermes Zaneti.
O ato foi encerrado com palmas e com o grito socialista bem entoado “De norte a sul e no país inteiro, viva o Partido Socialista Brasileiro.
Marcelo Víctor Chinazzo
Fotos: Serginho Neglia

Nenhum comentário: