terça-feira, 1 de novembro de 2011

Congresso unifica PSB-RS

O PSB saiu fortalecido do Congresso Estadual realizado neste final de semana em Porto Alegre, quando foi eleita a chapa de consenso “Construção Socialista”. Para o presidente reeleito, Caleb de Oliveira, a unificação das três chapas inscritas garante melhor preparo para enfrentar os desafios do próximo ano, quando o partido pretende lançar candidatos majoritários no maior numero possível de municípios. “O Congresso mostrou que as bases do partido são respeitadas”, afirmou o presidente. O deputado Beto Albuquerque salientou que "imperou o bom senso e a base legitimou o caminho que vem fazendo o partido crescer".
A chapa de consenso aprovada pelos delegados presentes no Congresso é composta por integrantes das três chapas que haviam sido apresentadas na última quinta-feira. Para contemplar os três grupos, o diretório foi ampliado de 70 para 100 membros titulares.
Com o tema “A gente acredita na igualdade”, o Congresso Estadual do PSB reuniu mais de 600 militantes para o debate sobre conjuntura estadual e nacional, eleições 2012, balanço da atual gestão e escolha do novo Diretório e Executiva Estadual. Também foram escolhidos os delegados ao Congresso Nacional do partido, que ocorre dias 2 e 3 de dezembro, em Brasília. Carlos Vollmer, que comandou a secretaria de Organização nos últimos anos, apresentou o crescimento do partido sob o aspecto da criação e organização de comissões provisórias e de diretórios municipais. Hoje o PSB está organizado em 293 municípios e conta com pré-candidatos a prefeito em 100 deles.
O presidente Caleb de Oliveira falou dos ganhos políticos do PSB no último período e projetou os principais desafios para os próximos anos. Caleb também realizou uma prestação de contas administrativa acerca do funcionamento da estrutura partidária, bem como dos recursos arrecadados e investidos pelo partido. O presidente lembrou que a aprovação das contas partidárias pela justiça eleitoral em todos os anos demonstra a boa organização financeira da sigla. O secretário de Formação Política da última gestão, Carlos Orling, falou sobre as cerca de 50 atividades realizadas pelo interior, envolvendo direções partidárias e filiados atuantes. Para ele, o desafio do próximo ano é garantir formação a todos os candidatos a vereador do PSB.
Ao final do encontro, os socialistas realizaram uma homenagem ao fundador e ex-presidente estadual do PSB gaúcho, Luis Carlos De Césaro, falecido este ano vítima de leucemia. Foi exibido um vídeo do site youtube, onde o “Gringo”, como era conhecido De Césaro, defendia a educação pública de qualidade e condenava o esvaziamento da Uergs. Após o vídeo, por sugestão do deputado Beto Albuquerque, foi aclamada a cedência do nome do ex-presidente à sala de reuniões da Sede Estadual do partido.
Abertura - A abertura do Congresso contou com a presença do governador Tarso Genro, que registrou a importância dos socialistas na sua eleição. “Ganhamos a eleição em primeiro turno porque tivemos ao nosso lado o PSB e o PCdoB”, afirmou. Tarso ainda agradeceu o empenho dos deputados socialistas na defesa de projetos importantes para o governo e a sociedade gaúcha. O governador ainda destacou a atuação de Beto Grill, afirmando que o vice-governador além de um grande quadro político, é um parceiro de governo.
Também prestigiaram a abertura representando seus partidos o deputado Raul Carrion (PCdoB), o vereador Toni Proença (PPL), Ney Ortiz Borges (PDT) e Cel. Bonetti (PR), além das principais lideranças do PSB gaúcho, como o vice-governador Beto Grill, o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, os deputados estaduais Catarina Paladini, Heitor Schuch e Miki Breier, os deputados federais Luiz Noé e José Stédile, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Clorinda Yelicie, secretária nacional de Mulheres do Partido Socialista argentino, e lideranças nacionais do Movimento Negro, Juventude Socialista, Movimento Sindical e Movimento Popular também participaram da cerimônia de abertura do Congresso Estadual do PSB.
Movimentos sociais apresentam suas diretrizes – os movimentos sociais organizados do PSB se reuniram na manhã de sábado para debater suas teses, eleger nova direção e escolher delegados aos seus congressos nacionais. O resumo dos debates foi apresentado aos delegados do Congresso Estadual na tarde de domingo. Anabel Lorenzi, eleita secretária de Mulheres, destacou a participação de 34 municípios e cerca de 150 participantes no congresso do Movimento. Os desafios da secretaria de Mulheres são a formação política, a construção de nominata forte de mulheres para concorrer nas eleições de 2012 e a constituição de secretaria de mulheres em todos os municípios onde o PSB está organizado.
Édio Elói Frizzo, secretário reeleito do MPS, informou que 106 delegados participaram do Congresso do Movimento, que realizou ampla discussão sobre o tema “Mobilidade Urbana e Transporte Coletivo”. O MPS também lançou o núcleo pelos Interesses das Pessoas com Deficiência – Núcleo PCDs e definiu mapear os companheiros que atuam em entidades comunitárias a fim de fortalecer o movimento setorial.
Reconduzido à secretaria da SSB, Júlio César Lopes destacou que o 6º Congresso Estadual do Movimento Sindical reuniu 65 sindicalistas e 40 delegados. Entre as definições da SSB estão a reivindicação por acompanhamento das eleições de CIPA pelos sindicatos, a defesa de que 10% do PIB seja investido na educação e a aclamação do companheiro Mário Provenci como secretário de honra do Movimento.
João Pedro Grill, eleito secretário estadual de Juventude, ressaltou que a JSB realizou o maior congresso da sua história na manhã de sábado, com 99 delegados presentes. Os desafios do próximo período são aumentar a presença da JSB nos municípios, identificar potenciais candidatos de juventude, investir em formação política e lutar contra todas as formas de opressão.
Pedro Francisco da Silva, que coordena a reorganização da Negritude Socialista Brasleira – NSB no estado, comemorou a presença de representantes de diferentes municípios na plenária do Movimento. Conforme ele, os participantes da reunião formaram um grupo que irá coordenar a NSB, mas anda não há funções definidas. Pedro destacou que a luta dos negros, assim como a de gênero e tantas outras, não dizem respeito apenas a integrantes dos movimentos, mas sim a todos os socialistas. A NSB pretende garantir apoio a candidatos negros, estar presente nos debates estaduais e estimular a produção cultural, entre outros.
Coordenador estadual do Movimento LGBT, Diego Nickel relatou a plenária de organização da setorial no PSB do Rio Grande do Sul e falou da intenção de implementar no estado as definições do 1º Encontro Nacional LGBT do PSB, realizado recentemente em Recife, e de eleger pelo menos um vereador do Movimento nas eleições de 2012.
Nova Comissão Executiva do PSB/RS
Presidente: Caleb de Oliveira
1º vice: Beto Albuquerque
2º vice: Heitor Schuch
3º vice: Beto Grill
Secretária geral: Mari Machado
Secretário de Finanças: Tarcísio Mineto
Secretário de Organização: Mário Bruck
Secretário de Formação Política: José Stédile
Secretários especiais: Luiz Noé, Miki Breier, Catarina Paladini, Alexandre Roso, Carlos Orling, Elisabete Barbosa, Carlos Vollmer, Vicente Selistre, João Tardetti, Vanderlan Vasconselos, Wainer Machado, Juliano da Paz Carvalho e Leonardo Kantorski.
Secretária de Mulheres: Anabel Lorenzi
Secretário de Juventude: João Pedro Grill
Secretário do Movimento Popular: Édio Elói Frizzo
Secretário do Movimento Sindical: Júlio César Lopes
Fonte: www.psbrs.org.br

Nenhum comentário: