sábado, 11 de setembro de 2010

Beto e Paulinho da Farmácia reafirmam parceria

O comitê do candidato a deputado estadual Paulinho Gracioli (PSB), o Paulinho da Farmácia, na Zona Norte de Porto Alegre, ficou lotado na noite desta quinta-feira (09) para receber o deputado federal e candidato à reeleição Beto Albuquerque (PSB). Nos discursos para os apoiadores das duas candidaturas ambos reafirmaram a parceria para a eleição deste ano. “Na política o que levamos são as boas relações. Me permitam chamá-los de amigos”, disse Beto ao público presente.
Presidente municipal do PSB, Antônio Elisandro de Oliveira destacou a trajetória profissional e política de Paulinho e a importância da energia do candidato na campanha socialista. “Estamos trabalhando para termos na Assembléia um deputado estadual como Paulinho da Farmácia, que represente muito bem Porto Alegre e o PSB”, disse Elisandro.
Paulinho Gracioli se disse feliz por ter a chance de carregar a bandeira de Beto Albuquerque nesta campanha. “Temos uma parceria, Beto. Tu és deputado com 20 anos de ficha limpa e que trabalha muito pelo Rio Grande do Sul”, disse ele, lembrando do início desta parceria. “Sempre planejei convidar Beto para trabalharmos juntos, mas antes de eu falar com ele, foi Beto quem me convidou. Aceitei na hora. Levar o nome do Beto abre caminhos”, completou.
Candidato a uma cadeira na Assembléia Legislativa, Paulinho encerrou sua fala dando uma idéia de sua forte disposição e empenho nesta campanha. “Estamos muito motivados e vamos lutar até o último dia para que Deus nos dê esta eleição”, garantiu.
Beto disse que sempre viu em Paulinho da Farmácia a disposição de lutar por suas idéias e convicções. “Estamos aqui para disputar a preferência e as idéias das pessoas. A política não é uma loteria. Se não votarmos em quem acreditamos poderá ganhar aquele que julgamos ser o pior dos políticos”, alertou.
O deputado federal que disputa pela quarta vez uma cadeira na Câmara dos Deputados salientou a responsabilidade que cada eleitor tem nas mãos e lembrou que a democracia é o melhor caminho, porque estamos livres para dizer o que pensamos, para protestar contra o que está errado e escolher nas urnas quem julgamos ser melhor. “Precisamos trabalhar para melhorar a vida das pessoas”, concluiu Beto.

Nenhum comentário: