quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Debate presidencial na TV Globo

Dilma: ampliamos o emprego com carteira assinada

Direitos trabalhistas e valorização do funcionalismo público. Estes são os compromissos renovados pela candidata à presidência Dilma Rousseff no debate promovido hoje pela TV Globo.
Segundo ela, o governo Lula ampliou o mercado de trabalho com carteira assinada e reduziu, por outro lado, a precarização no setor público. Estas conquistas, afirmou Dilma, serão mantidas em seu governo.
“O que a gente via era o bico, mas nós aumentamos a formalização. Tanto é assim que batemos todos os recordes na geração de emprego com carteira assinada. É importante que o aumento do emprego ocorra mantendo os direitos trabalhistas, como FGTS, 13º salário e férias”, defendeu a candidata, citando os 14,5 milhões de empregos formais criados nos últimos oito anos.
Dilma explicou que a expansão do mercado interno e do crédito em cerca de R$ 1 trilhão foi fundamental para a geração recorde de emprego, pois permitiu o aumento do consumo e da produção.
Segundo ela, as medidas de combate à crise econômica de 2008 também impediram que o Brasil seguisse o caminho dos países desenvolvidos, que registram hoje altos índices de desemprego. Por meio do corte de impostos sobre automóveis e produtos da linha branca, o governo conseguiu sustentar o consumo, o emprego e a renda.
O governo Lula também respeitou o funcionalismo e reduziu a terceirização de cargos no setor público, afirmou Dilma. Segundo ela, o fortalecimento das estatais, como a Petrobras, só foi possível por meio da valorização de seus trabalhadores.
“Acredito no funcionalismo de carreira. Acabamos com a precarização por meio de concursos públicos. Esta foi uma característica do governo do presidente Lula“, afirmou.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Debate RBS: Tarso, do Rio Grande do Sul, do Brasil, do Mundo

No último debate eleitoral no primeiro turno, Tarso Genro mostrou mais uma vez porque deve ser o governador de todos os gaúchos. O candidato foi sempre firme e preciso em suas intervenções. Lembrou que o programa de governo é resultado da colaboração de gaúchas e gaúchos, constituído nas dezenas de consultas a todos os setores da sociedade, especialmente nas Cavaranas pelo Rio Grande.
De forma clara, Tarso apresentou as propostas da Unidade Popular para o governo do estado. Foi assim ao falar sobre segurança pública e a construção de novos presídios, quando ressaltou a valorização dos policiais e a utilização dos recursos que o governo federal disponibiliza para investimentos em segurança. Ao tratar sobre desenvolvimento econômico, Tarso defendeu investimentos nas indústrias já instaladas no estado e os incentivos fiscais para a base produtiva e reafirmou o compromisso com as pequenas e médias empresas com o restabelecimento do Simples Gaúcho.
A relação de diálogo e cooperação com o governo federal foi defendida por Tarso para o Rio Grande voltar a se desenvolver economica e socialmente. “Criando emprego, justiça social e desenvolvimento”, disse. E concluiu lembrando que todos os candidatos da Unidade Popular representam o projeto que colocou o Brasil em destaque no cenário mundial.
Foto: Caco Argemi

domingo, 26 de setembro de 2010

Grande caminhada no brique da Redenção

Faltando uma semana para a eleição, militantes e simpatizantes da Unidade Popular Pelo Rio Grande ocuparam, mais uma vez, o parque da Redenção. Foram milhares de pessoas carregando bandeiras e cartazes com os nomes de Dilma e Tarso.
O local é um tradicional ponto de mobilização da esquerda gaúcha, além de ser palco para a distribuição de material de campanha e organização de atividades . “Até domingo vamos intensificar nossa movimentação com repeito, mas também com muita vontade de mostrar para os gaúchos e gaúchas que representamos o melhor projeto para o desenvolvimento do Estado”, ressaltou o candidato ao Piratini.

sábado, 25 de setembro de 2010

Comício dá a largada para a vitória no primeiro turno

A Unidade Popular realizou nesta sexta-feira (24) o último comício da campanha. Programado para iniciar às 19 horas, desde o início da tarde militantes se dirigiam ao Largo Glênio Peres, vindos de diversas cidades do interior. Mais de 500 ônibus entraram na capital desde a manhã.
Além das bandeiras dos partidos da Unidade Popular (PSB, PT, PCdoB, PPL, PR) também as de outros partidos como as do PDT e PCB eram empunhadas pelos participantes do comício. Mais de 35 mil pessoas lotaram o centro de Porto Alegre.
Primeiro a falar, o ex-governador Olívio Dutra, afirmou que serão nove dias de uma decisão importante: “Nós que gostamos de fazer a política para o bem comum, com o protagonismo de todas as pessoas, de afirmação da cidadania temos uma ocasião rara”, destacou, ao referir-se a possibilidade de eleger o mesmo projeto político no cenário nacional e regional. Ao se pronunciar, o senador Paulo Paim lembrou sua trajetória em defesa de todos os segmentos: “tenho orgulho de dizer que defendo as pessoas com deficiência, os aposentados, de defender a minha gente”.
A candidata a senadora Abgail Pereira (PCdoB) lembrou que as mulheres são a maioria do eleitorado. “Vamos decidir que o Brasil pela primeira vez vai ter uma mulher presidenta.”
Tarso Genro destacou em seu discurso as “profundas mudanças democráticas que aconteceram no Brasil a partir do governo Lula”. Tarso afirmou que o RS precisa estar de frente para o Brasil “distribuindo renda” e isso está expresso no Programa de Governo que foi construído com a participação de muitos gaúchos a partir das Caravanas pelo Rio Grande. “Nosso governo terá uma identidade ativa e propositiva”.
Tarso Genro destacou em seu discurso as “profundas mudanças democráticas que aconteceram no Brasil a partir do governo Lula”. Tarso afirmou que o RS precisa estar de frente para o Brasil “distribuindo renda” e isso está expresso no Programa de Governo que foi construído com a participação de muitos gaúchos a partir das Caravanas pelo Rio Grande. “Nosso governo terá uma identidade ativa e propositiva”.
Ao encerrar o Comício, o presidente Lula disse que o seu governo tem muito a ver com o grau de amadurecimento do povo brasileiro. “É preciso que a gente saiba os valores que estabelecemos e a realidade que conseguimos mudar neste país. Não será mais possível alguém governar este país sem ouvir todos os segmentos organizados da sociedade”, afirmou.
Lula agradeceu a Tarso a parceria no governo quando ministro da Justiça e da Educação e ressaltou a capacidade de governar e dialogar do candidato. E sobre Dilma afirmou: “quem pode construir a unidade e governar fortalecendo a democracia é esta mulher”. E chamou a militância para os dias finais de campanha: “Não saiam das ruas até o dia 3 de outubro”.
Fotos: Cristhine Genro
Fonte: www.tarso13.com.br

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Unidade Popular mostra a sua força em Porto Alegre

Bandeiras, cartazes, adesivos e panfletos da Unidade Popular estão se espalhando pelo Rio Grande. O candidato a vice-governador, Beto Grill, tem dito que “o encantamento voltou”. As demonstrações espontâneas de mobilização também dão a ideia do espírito que está tomando conta da maioria dos gaúchos.
Nesta terça-feira (21), Tarso Genro presenciou mais um ato desta força. Centenas de lideranças partidárias, sindicais, comunitárias, de movimentos sociais, militantes e simpatizantes das siglas que compõem a coligação lotaram o salão da Igreja Pompéia, em Porto Alegre.
A plenária serviu para organizar os últimos dias de campanha e preparar o grande comício da próxima sexta-feira, que contará com a presença de Lula e Dilma. “A nossa movimentação terá alegria e firmeza. Nós devemos esta vitória ao Rio Grande e ao Brasil de Lula, mas também ao companheiro Olívio Dutra que começou a transformação que nós iremos retomar”, ressaltou Tarso ao chamar a militância para trabalhar pela vitória no primeiro turno.
Além da eleição de Dilma e Tarso, a Unidade Popular trabalha para conquistar as duas vagas ao Senado com Paulo Paim e Abgail Pereira.
Nesta quarta-feira a mobilização se intensifica nas estações de trem de Porto Alegre. A partir das oito da manhã, o candidato ao governo do Estado estará em frente ao Mercado Público para uma panfleteação junto aos trabalhadores.
Foto: Caco Argemi

sábado, 18 de setembro de 2010

Chargistas com Tarso

Três conhecidos chargistas gaúchas emprestaram seu traço para o Tarso: Kaiser, Simch e Moa produziram charges para o candidato da Unidade Popular pelo Rio Grande. Uma declaração de apoio e também uma doação de talento à campanha que quer levar o Rio Grande a outro cenário de conquistas econômicas, sociais e culturais.
Charge de Kaiser:

Veja as demais charges em www.tarso13.com.br

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

PSB e PPL ocuparam a Borges com a Ipiranga

Na quinta-feira (16.9), do meio dia as 13h30min, militantes do PSB de Porto Alegre e do Partido Pátria Livre (PPL) ocuparam a esquina da Avenida Borges  de Medeiros com a Ipiranga, em frente ao Shoping Praia de Belas, com bandeiras dos partidos e das candidaturas de Dilma e Tarso.
A atividade integra a agenda de mobilização na reta final da campanha majoritária rumo a vitória no primeiro turno, junto com Paim e Abgail.

Nova pesquisa: Tarso com 44% amplia vantagem e pode ganhar no 1º turno

De acordo com a pesquisa Datafolha divulgada hoje (17), Tarso Genro pode vencer já no primeiro turno. O candidato da Unidade Popular Pelo Rio Grande aumentou dois pontos percentuais, passando para 44% das intenções de voto. Fogaça, com 24%, caiu 2 pontos. Yeda Crusius passou de 13% para 11%. Os candidatos do PV e do PSOL atingiram 1% das intenções de voto e os demais não pontuaram.
Veja mais em www.tarso13.com.br

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Balbo Teixeira e Beto Albuquerque reuniram apoiadores em Porto Alegre

Centenas de gabrielenses, moradores de Porto Alegre e Região Metropolitana, compareceram ao Clube Ypiranga na noite de quarta-feira, 15, para mostrar apoio à candidatura de Balbo Teixeira à Assembleia Legislativa e do deputado federal Beto Albuquerque à reeleição.
A atividade foi organizada pela campanha de Balbo Teixeira, que além de conterrâneos gabrielenses também foi prestigiado por amigos de outras cidades da Fronteira Oeste, como Rosário do Sul, Dom Pedrito e Sant'Ana do Livramento.
Balbo falou da caminhada que tem feito pelas regiões da Fronteira Oeste e do Centro do Rio Grande do Sul, percorrendo mais de 60 municípios. Ressaltou sua preocupação com a necessidade de um trabalho pelo desenvolvimento da Fronteira Oeste, que está empobrecida e estagnada há mais de 20 anos. Reforçou que a região precisa ter um representante na Assembleia Legislativa para que novos investimentos cheguem aos municípios, levando renda, emprego e qualidade de vida à população da Fronteira Oeste. "Não é possível que a Região, com todas as suas riquezas, não acompanhe o desenvolvimento de outras regiões do Estado", disse Balbo.
O ex-prefeito de São Gabriel reconheceu que não é fácil tirar uma região da situação de estagnação em que se encontra. Mas, para isso, disse que conta com o apoio do deputado federal Beto Albuquerque, que já trabalhou muito por São Gabriel e pela Fronteira Oeste.
Balbo Teixeira é candidato a deputado estadual pelo PSB de Porto Alegre.

sábado, 11 de setembro de 2010

Datafolha: Tarso mantém liderança com 42%

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta sexta-feira (10) indica que Tarso Genro mantém a liderança na disputa pelo governo do estado. Ele aparece com 42% das intenções de voto, contra 26 pontos de José Fogaça e 13 de Yeda Crusius.
No levantamento anterior, feito nos dias 23 e 24 de setembro, o petista já apresentava os mesmos 42%. Fogaça e Yeda, no entanto, perderam um ponto cada um.

Beto e Paulinho da Farmácia reafirmam parceria

O comitê do candidato a deputado estadual Paulinho Gracioli (PSB), o Paulinho da Farmácia, na Zona Norte de Porto Alegre, ficou lotado na noite desta quinta-feira (09) para receber o deputado federal e candidato à reeleição Beto Albuquerque (PSB). Nos discursos para os apoiadores das duas candidaturas ambos reafirmaram a parceria para a eleição deste ano. “Na política o que levamos são as boas relações. Me permitam chamá-los de amigos”, disse Beto ao público presente.
Presidente municipal do PSB, Antônio Elisandro de Oliveira destacou a trajetória profissional e política de Paulinho e a importância da energia do candidato na campanha socialista. “Estamos trabalhando para termos na Assembléia um deputado estadual como Paulinho da Farmácia, que represente muito bem Porto Alegre e o PSB”, disse Elisandro.
Paulinho Gracioli se disse feliz por ter a chance de carregar a bandeira de Beto Albuquerque nesta campanha. “Temos uma parceria, Beto. Tu és deputado com 20 anos de ficha limpa e que trabalha muito pelo Rio Grande do Sul”, disse ele, lembrando do início desta parceria. “Sempre planejei convidar Beto para trabalharmos juntos, mas antes de eu falar com ele, foi Beto quem me convidou. Aceitei na hora. Levar o nome do Beto abre caminhos”, completou.
Candidato a uma cadeira na Assembléia Legislativa, Paulinho encerrou sua fala dando uma idéia de sua forte disposição e empenho nesta campanha. “Estamos muito motivados e vamos lutar até o último dia para que Deus nos dê esta eleição”, garantiu.
Beto disse que sempre viu em Paulinho da Farmácia a disposição de lutar por suas idéias e convicções. “Estamos aqui para disputar a preferência e as idéias das pessoas. A política não é uma loteria. Se não votarmos em quem acreditamos poderá ganhar aquele que julgamos ser o pior dos políticos”, alertou.
O deputado federal que disputa pela quarta vez uma cadeira na Câmara dos Deputados salientou a responsabilidade que cada eleitor tem nas mãos e lembrou que a democracia é o melhor caminho, porque estamos livres para dizer o que pensamos, para protestar contra o que está errado e escolher nas urnas quem julgamos ser melhor. “Precisamos trabalhar para melhorar a vida das pessoas”, concluiu Beto.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Fiapo filia-se ao PSB-POA

Nesta quinta-feira (02/05), na Sede Municipal do Partido, o vereador Airto Ferronato e o Presidente Municipal Antônio Elisandro de Oliveira deram as boas-vindas ao novo companheiro Alencar de Matos Pacheco, conhecido como Fiapo.
Importante liderança da região Sul, especialmente na Restinga, Fiapo reside atualmente no bairro Nonoai, região da Grande Cruzeiro, tendo sido candidato a vereador nas eleições 2000.
"Minha simpatia pelo PSB vem de tempos. Estou hoje confirmando a adesão formal nesse projeto partidário, com o propósito de dirigir minha ação política para mudanças sociais nas comunidades de base, onde atuo mais diretamente", disse Fiapo.