quarta-feira, 2 de abril de 2008

Parecer do TSE pode impedir o uso da internet na campanha eleitoral

Um parecer técnico do Tribunal Superior Eleitoral proíbe que os candidatos às eleições municipais deste ano se valham das várias ferramentas da internet para angariar votos. O documento veda a publicação de blogs, envio de spams com as propostas dos candidatos, o chamado e-mail marketing, a participação do político no Second Life, o uso do telemarketing, o envio de mensagens por celular e a veiculação de vídeos em sites como o YouTube.

Para que as proibições sejam aplicadas já nesta eleição, o referido parecer, em resposta a uma consulta do deputado federal José Aparecido (PV-MG), precisa ser incluído na pauta do TSE e aprovado pelos ministros.

Até o momento, não há no Brasil legislação específica para tratar do assunto. "No campo da propaganda eleitoral, o que não é previsto é proibido", diz o parecer.

Fonte:
http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a1811600.xml&template=3898.dwt&edition=9560&section=71

Nenhum comentário: